Leitura Digital: Homem-Máquina - Max Barry


Opa, voltei! Tinha avisado no Links da Semana que muitas surpresas aguardavam por vocês, esse no caso é o livro de Sci-Fi citado no post, preparados?!
E só para variar to com cara de besta aqui, não sei por onde começar, isso SEMPRE acontece quando o livro presta. Enfim, vou tentar HAHAHA.


Charles Neumann é cientista e trabalha na Futuro Melhor, uma empresa fucking awesome, não tem amigos e nem faz questão de manter relações sociais com ninguém o cara é focado e foreve alone  um nerd "dos completos" digamos assim. O livro começa com ele procurando o celular, tamanho desespero do cara, parece que ele perdeu a carteira altamente dependente das tecnologias (principalmente o celular) Charlie se vê louco e sai de toalha (!!!) até a garagem para verificar se o maldito telefone se encontra no porta luvas.
Um dia normal na Futuro Melhor, somos apresentados a alguns colegas de trabalho, até que... Acontece um acidente, e Charlie perde uma perna. Tragédia para uns, oportunidade para o nosso protagonista.

A partir disso o livro se desenvolve, nem preciso avisar o motivo pelo qual parei né!? Charlie é aficcionado por tecnologia, ciência e entende MUITA coisa de mecânica, daí o motivo dele "aproveitar" que perdeu uma perna e... A obra é cheia de sarcasmo, humor negro e essas coisinhas que os moralistas repudiam, por isso não recomendo a leitura para "menores".

Tem muita coisa teórica que ele vai explicando no decorrer da obra, tiveram horas que meu cérebro fundiu de tanto conceito novo e se você não sabe o basicão ensinado na escola, vai achar um saco o livro, o que não foi meu caso HAHAHA.
Charlie é arrogantezinho, se acha o cara mais inteligente da Futuro Melhor em alguns trechos (de fato ele é O cara) isso nada mais é que uma crítica a nós mesmos, sobre como somos "reféns da teconologia" tornando a vida fútil bem no estilo Douglas Adams. E como não poderia deixar de existir, tem um romance mas nada do tipo Nicholas Sparks, a coisa é bem estruturada (risos).

Não gosto de usar a tecnologia dos outros. Gosto de construir a minha.
Uma das ironias de trabalhar para o laboratório de pesquisas mais avançado do mundo era que nossa conexão de internet era tipo dial-up.
Porque a mente dele é um ativo intelectual comercial e confidencial da Futuro Melhor.
 
O final não me agradou tanto. Comecei naquelas olhadas só para conferir se o ebook não tava bugado, conferir a diagramação e.. PEI! em meia hora já tava dentro da Futuro Melhor. Senti que Max Barry perdeu um pouquinho só do foco no final, sabe aquelas coisas "WHAT?!?!?!" que você termina e fica se perguntando "MAS COMO?" então. Só por conta disso não entrou para os favoritos e levou 4 estrelas, constituindo um livro MUITO BOM.


Digamos que no geral essa obra foi o que eu esperava, as expectativas estavam lá em cima e foram respondidas (tirando o final lastimoso), não leio algo assim "impactante" e F$#@ desde O Guia do Mochileiro das Galáxias. É MUITO bom mesmo, mas leiam sem expectativas para serem surpreendidos e/ou evitar arrependimentos.


Uma curiosidade: Essa obra prima inicialmente surgiu em um blog (:O) onde o autor ia publicando uma PÁGINA por dia. No final lá nos agradecimentos ele explica essa história, e diz que fez tanto sucesso que resolveu compilar os posts e criar o livro, ele também deixa claro as diferenças, que no blog publico era "diferente" assim como o formato exigia e há algumas coisas sutis que não aparecem ou foram modificadas para o livro.